sexta-feira, 29 de maio de 2009

O valor da amizade...

O processo de imigração nos traz tantas coisas. Desde o dia em que vc ouve falar nele... e, eu pelo menos, fica descrente... achando... ahhh isso é uma pegadinha.... eles só querem seu dinheiro...

Daí depois, vc pesquisa... vc corre atrás e vai vendo q mt gente passou pelo processo... já estão no Canadá... alguns bem... outros nem tanto... outros já voltaram pro Brasil com algum aprendizado.... naquele momento vc já começa a aprender um monte de coisas.

Vc se interessa pelo país... pela cidade que pretende morar.... vc se dedica à uma língua... ou duas... conhece coisas bizarras sobre o país e seus costumes por papos de brasileiros q moram no Canadá... ou por seus blogs... (como eu aprendi aqui q todo mundo anda de farol acesso mesmo meio dia ou q não dizem "De rien" para responder ao "Merci", mas sim "Bienvenue" como uma forma de "afrancesar" o Welcome americano)..... com isso vc ri.... entra em contato com pessoas q moram em outros países até mais distantes do nosso que o Canadá.... com isso, vc entende mais o mundo..... as diferentes formas de pensar, de outros povos...

Mas o q eu vinha recolhendo de maior valor, mesmo ainda no Brasil, eram as amizades. Como alguns leitores aqui do nosso blog já sabem, outros não, somos cariocas mas morávamos em BSB. Eu morei lá uns 4 anos e meio e a Beth 1 ano, depois q casamos. Mas por coisas da vida e talvez por ser uma cidade onde vc mantém uma boa distância das pessoas, eu não fiz mts amizades e as q fiz foram morrendo aos poucos. O processo de imigração me deu isso de bônus: ganhei amigos lá com os mesmos sonhos e objetivos parelhos que com certeza ficarão pro resto da vida. Alguns estão aqui no Canadá já, outros virão logo logo. Sempre falei isso para quem quisesse ouvir: acho q já saí ganhando com o processo.... pois conheci essas pessoas. 

Achei q já tivesse atingido o máximo de "bônus" possível com o processo.... mas estava longe de acertar. Com quase 2 semanas de Québec, a cada dia que passa eu vejo como o povo brasileiro é diferenciado e como as pessoas que estão aqui conosco têm um bom coração. Não há um dia que não passe q eu não diga para alguém aqui um: "poxa.... muito obrigado.......  mesmo!"

As pessoas que têm cruzado nosso caminho e q nos têm ajudado por aqui são pessoas que realmente há até algum tempo atrás eu não conhecia. Só em filme. Queria usar este espaço aqui para agradecê-las demais... pela milésima vez. 

São atos totalmente inesperados... oferecidos.... sem receber absolutamente nada em troca, só amizade e o prazer de ajudar. Sem nem nos conhecer, como foi nos primeiros dias, ela vinham... nos ajudavam. Abriam suas casas para nós... saíam de sua rotina por nós.... perguntavam se precisávamos de algo.... se interessavam por nós dois.... davam dicas preciosas.... 

Além de agradecer por isso, tenho inclusive que agradecer pela mudança que vcs têm feito Beth e eu passarmos. Tem sido uma forma de nos reavaliarmos como pessoa mesmo e aprendermos como devemos agir em sociedade. Confesso que atos que foram feitos conosco por esses seres maravilhosos que estão aqui, eu talvez não teria feito por outra pessoa antes. Agora eu reavalio esses meus conceitos e aprendo... aprendo muito com eles. Muito obrigado por isso! Com certeza, hj eu já aprendi a como ser uma pessoa melhor.

É algo q, para o Brasil infelizmente, vem acontecendo: o nosso país natal tem perdido pessoas excelentes.... que têm q sair de lá para alcançar seus objetivos por aqui. Vejo isso a cada dia que passa. Uma pena, por esse lado.  Com certeza essas pessoas faziam parte do q há de melhor no Brasil.... hj fazem parte do q há de melhor no Canadá... e com certeza tb estão espalhadas por outros países do mundo.

Mais uma vez...... muito obrigado e espero retribuir toda a ajuda um dia! Contem conosco sempre!

João e Beth.

12 comentários:

Roberta disse...

Oi, João e Beth!

Que post bacana! É muito legal ver que nos dias de hj ainda conseguimos fazer boas amizades, né?

\o/

Abraços,
Roberta e Lucas

Beatriz disse...

O que vcs escreveram é a mais pura verdade.
1º sobre ganhar amigos que vc nunca nem imaginou e que essas pessoas se dispõem a fazer coisas por vc que muitas vezes dá um trabalhão pra eles, mas eles querem ajudar mesmo.
2º sobre infelizmente o Brasil não cuidar do seu povo e o que há de melhor aqui estar saindo pra poder ter uma vida decente fora.
Toda vez que eu penso nisso eu fico super triste. É como se sentir órfão. É como se a sua família não ligasse a mínima pra vc e vc tem que ir atrás de alguém que cuide e se importe com vc...

Eu estou no processo, ainda vou fazer a entrevista (em agosto) mas meus sentimentos estão divididos em tristeza e abandono, e ansiedade e excitação pelo novo.

Já ganhei amigos maravilhosos que sinto no fundo do coração que serão meus amigos de longa data e também já me decepcionei com pessoas que achei que eram meus amigos e se mostraram pessoas infantis.

Esse processo transforma, revela as pessoas. O resultado pode surpreender de diversas maneiras.

A gente só tem que saber aproveitar as coisas boas e sacudir a poeira das coisas ruins.

Parabéns pelas conquistas.

Um abraço,

Bia.

LiliX disse...

Eu adoro ajudar os outros e oq eu sempre digo quando me agradecem: passe adiante!
É é clichê mesmo...eu sei....mas funciona! Passe a ajuda adianta e vc vai ver como tudo vai ficando melhor....
:)

Dewet disse...

João e Beth,

Nos conhecemos não diria no "pior momento" (se é que existe isso), mas no momento mais tenso do processo, na sala aguardando para a entrevista.
A primeira conversa não foi a mais relaxada, mas descobrimos que além de ótimas pessoas, seremos vizinhos em Ville, hehehe. O "boa sorte" que trocamos antes de entrarmos na sala para a entrevista nos deu um novo ânimo e a certeza de que iríamos passar.
Não podemos esquecer a alegria do casal perninha caixotinho saindo da sala, hehehe.

O almoço após a entrevista foi o momento para confirmar que a nossa decisão de morar Québec é a correta, pois são pessoas como vocês que fazem a diferença e que queremos por perto.

Ficamos felizes em ler cada relato e saber que tudo que foi projetado e sonhado esteja se realizando.

Nossa costela em Ville está de pé!

Contem conosco.

Dewet et Liége

Fernanda e Mateus disse...

Oh vcs, quero saber quando e que vao pagar um almoco daqueles pra retribuir a minha atencao....Nada de palavras, quero ver gestos concretos. Oh vou te falar o Cosmos eh bom d+, e os funcionarios, NOOOOOOOSSSAAA. Hoje e sexta hein, serve jantar tbm!!!
Vou avaliar se vcs ainda podem contar comigo.
kkkkkkkkk, seis ja me conhecem ne???
Bjos

Eli e Dani disse...

Adorei o post porque realmente é na difuldade que realmente sabemos quem está do nosso lado de verdade. Fico feliz que já tenham companheiros , o que será muito importante para vocês que estao lone da família.

PS: Quero ver um post dos amigos que deixaram aqui heiN!!!!

Luiz e Anna disse...

Olha... to de acordo com a Fer....hahahaha...

Mas ó... sinceramente, acho q vc andou bebendo agua lá de Campinas antes de vir :/ Vc anda "emotivo" demais...hahahahha

Olha, semana q vem vamos ver se rola aquele tenis!!! ;)

Abs

Luiz e Anna disse...

Putz... quanto "olha"...credo :(

P disse...

amigos são a melhor coisa que podemos ter. são a família que escolhemos.
quanto ao brasil, ele tem suas idiossincrasias, mas no fundo é um país maravilhoso. temos um problema social grave, vai demorar, mas acho que se resolverá. ele ainda será nosso canadá dos trópicos!

sucesso aí!

Rodrigo disse...

Olá João e Beth...
Que saudade de vcs...
Adorei o post. Muito profundo!
Contem conosco; mesmo estando à alguns quilômetros!
Qual é o telefone de vcs aí em Ville???
Eu e Mariana vamos dar uma passada rápida por Québec amanhã(quinta).
Tenho uma entrevista após o almoço!
Não posso deixar de pelo menos dar um abraço em vcs!
Abração...

Catarina disse...

Olá novos amigos e sempre amigos!!

Aproveito a oportunidade para agradecer a Deus pelo casal maravilhoso que Ele colocou dentro da nossa casa. Abrimos a nossa casa para as pessoas, do mesmo jeito que abrimos o nosso coraçao. Se voces entraram nela podem ter certeza de que vcs tb entraram nos nossos coraçoes! Gostamos muuuuito da presença de vcs aqui em casa e da presença na nossa vida, daqui por diante. Mto bom ganhar novos amigos tao legais, simpaticos, carinhosos e alegres como vcs!!! Apesar do Joao ser Flamenguista e da Beth falar mal de Brasilia! hehehehehehehehe
Boa sorte aqui no Québec...que mtas realizaçoes acontecam daqui para frente na vida de vcs...pq vcs merecem!!!

Contem sempre com a gente...E com certeza contaremos sempre com vcs.

Beijos,

Catarina e Eduardo

Karla Michelle disse...

Oi, João e Beth.
Fico feliz que vcs estejam se ajeitando por aí. Realizar sonhos é sempre maravilhoso!! Saibam que eu e o Pedro torcemos muito por vcs!
Se tudo der certo, nós quatro (eu, Pedro, seu pai e sua mãe) iremos vistá-los em dezmbro.
Saudade de vcs!
Adorei o blog.
Bjs
Karla