terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Lista de prós e contras e minhas opiniões...

Acabei de ver o novo post no Blog do Well e esse post me deu vontade de comentá-lo com as minhas opiniões mais a fundo.

Como não vou encher o espaço de comentários lá do blog dele hehehe, decidi fazer um post aqui pra isso.

Pra quem não leu ainda, a lista é a seguinte:

12 Motivos para Imigrar para o Canadá

1-Melhor seguranca para vc e sua familia;

2-Por mais 10 anos o Canada tem suas principais cidades entre as 10 melhores do mundo para se viver;

3-de 1992 a 2001 foi considerado o melhor pais do mundo. Caiu para oitavo e agora eh o quarto em direitos humanos

4-Pais, junto com a Suecia, com maior expectativa de vida no mundo: 80 anos;

5-Renda per capita de 30.000 dolares anuais. Suecia 26.000 e Australia 28.000;

6-Um dos mais limpos paises do mundo. Respeito a natureza a aos recursos naturais;

7-Educacao (de qualidade) gratis ate o final do segundo grau;

8-Diversidade cultural;

9-Ensino gratis de ingles e frances para novos imigrantes;

10-Condicao de planejar o futuro;

11-Baixo indice de corrupcao;

12-Sistema judical rapido e eficiente.


8 Motivos para não imigrar para o Canadá

1-Falta de empregos na sua area - Vc vai encontrar MD's, PhD's e afins trabalhando como motoristas de taxis, pedreiros etc. Seus anos de estudo e investimento viram po quando vc vem ao Canada;

2-Pior clima do mundo - De ponta a ponta o clima eh terrivel.. vai dos -50 aos 45.

3-Falta de cultura - O Canada nao tem uma cultura propria. Nao existe a comida canadense, a musica canadense, nao existe nada. Ate o povo se define como canadense mas resalta logo a origem (chineses, peruanos, etc)

4-Governo louco pro grana - As embaixadas pelo mundo mentem e pintam um retrato falso sobre o Canada. O que eles querem eh a grana dos imigrantes. Todos que vem trazem pelo menos 10.000 dolares. Sao 250.000 pessoas por ano. Total 2,5 bilhoes todo ano.

5-Altas taxas. Fora seu salario que ja eh taxado na finte vc ainda paga 15% de GST e PST em praticamente tudo. Menos em bebidas que eh pra vc poder ficar bebado e esquecer que esta no Canada.

6-Saude publica na beira de um desastre - 1 entre 4 canadenses nao consegue ter um medico de familia. 25% da populacao sem assistencia medica. Os medicos se mudam pros EUA assim que podem. Uma simples cirurgia de catarata leva 6 meses para ser marcada.

7-Custo de vida fora de controle. - de alugueis a comida tudo no Canada custa uma fortuna. Se comparado a outros paises o custo de vida canadenses eh 5 vezes maior.

8-Passagens aereas caras - O aeroporto de Toronto, porta de entrada no Canada eh o mais caro do mundo. AS taxas cobradas la sao o dobro do segundo lugar.



Aqui vão meus comentários, sobre os pontos positivos:

Essa lista se baseia em números. Isso varia mt, principalmente de lugar pra lugar. O Canadá é mt grande. Eu moro na cidade de Québec. Não vivo a mesma realidade de quem mora em Calgary, por exemplo. Nem de alguém que more em Montréal. Até mesmo, há diferenças de bairro para bairro. Por exemplo, esse lance de país mais limpo do mundo, eu já não concordo mt. Vejo mt lixo nas ruas, uma juventude bem mal educada. Outro dia mesmo, enquanto estava subindo num teleférico numa estação de esqui, vi coisas em baixo, no neve, q foram jogadas pelas pessoas que sobem o lift. Coisas perigosas, como garrafas de cerveja, por exemplo. Os pontos de ônibus perto de onde moro são frequentemente imundos! Isso piora pq moro num bairro de estudantes... é o caso da juventude mal educada q tem aos montes por aqui.

Aí vc diz: aaaahhh mas eles tão se referindo à poluição num campo mais extenso, ou seja, o qt o país polui de forma mais global e não um papelzinho ou garrafinha jogados no chão. Eu te respondo: vem aqui em QC e depois vai visitar a Alemanha pra vc ver. Isso pq eu fui em cidade grande por lá. Berlim. Vc vai ver como o povo e o governo é ais preocupado com esse assunto. Imagino como não deve ser em países como Suécia e Noruega, sempre exemplos nesses casos.

A educação tb não pode ser tão elogiada assim. Não tenho filho, mas vejo o nível por exemplo do inglês da galerinha aqui de QC e é péssimo! Daí eu já tiro o nível. O mais engraçado foi uma amiga quebeca q ia começar um curso no CEGEP em TURISMO e disse assustada q não tinha cursos de inglês e espanhol. Só vai poder mostrar a cidade para conterrâneos, franceses e alguns africanos.



Meus comentários para a lista do pq NÃO imigrar:

O problema de emprego é verdade sim. Td o q dizem é verdade. É complicado competir com os caras daqui, há um preconceito com o imigrante e a língua é mtttt difícil. Se vc for de uma área onde não precise tanto da língua, blz.... se não for o seu caso fica beeem mais difícil.

O lance do clima terrível tb não concordo. Prefiro mt mais aqui do q viver em Londres, com temperaturas mais amenas mas chuva direto, ar melancólico e etc. Sendo q há lugares no Canadá com clima beeem mais ameno, como Toronto, por exemplo. Já vi uma moradora brasileira dessa cidade ficar chateada com o inverno e dizer: "lá vêm as temperaturas de -10.." puuufff... pelo amor de deus né? -10 é tranquilo demais! Quem não consegue viver com -10 nem deve pensar em Canadá, no meu ponto de vista. Pode não optar por QC, onde as temps chegam a -35.... mas pode ficar sim com Toronto... Vancouver e etc.... Além disso, o verão é mt agradável, mt bem aproveitado por todos e, mesmo no inverno, há sol. O q facilita mt um belo dia de esqui ou patinação... quando não está mtttt frio, claro.

Discordo tb da falta de cultura.
Pelo menos no QC... acho q o lado anglófono talvez tenha menos, pela influência dos EUA com a língua e da grande variedade , devido à imigração, principalmente chinesa e indiana. No entando, aqui no QC a cultura é mt valorizada sim. Há uma cultura mt forte deles. É só procurar a produção audio-visual do QC. Pesquise sobre a revolução dos anos 60-70. Até mesmo as histórias polêmicas do QC com a religião católica mostram q é um povo realmente latino e q não passa "despercebido". É claro q não dá pra comparar com a cultura brasileira e seus 190 milhões. Até pq a maior cidade da provínica já entrou, há mttttt tempo, no esquema das outras cidades do ROC (resto do Canadá) q eu comentei acima, no caso, Montréal, maaas o resto da província do QC tem sim mttt cultura pra dar e vender. Não concordo com este ponto.

Governo louco por grana eu concordo em partes. Acho q eles ainda estão sim, mesmo com as ajudas aos imigrantes, saindo no lucro. O dia q a balança cair pro negativo eles vão ser MTTTTT mais seletivos no processo do imigração do q são hj. Isso eu me refiro ao QC, somente. Q é o processo q eu conheço e posso dizer q é uma mãe! Quem quiser e tiver paciência, ganha o CSQ. Eu acho q, se analisarmos os 2 primeiros anos do imigrante aqui no QC, ele dá mt mais dinheiro do q recebe. E depois disso? Depois disso ou ele entra no esquema e passa a viver do seu próprio trabalho ou ele volta pro seu país, deixando uma bela grana aqui. Claro, há exceções, mas a balança, pra mim, ainda está mtttt no Azul.

Taxas? Ah, eu venho do Brasil.. já tô mais do acostumado com isso. Se formos colocar na ponta do lápis, acho q aqui se paga menos.


Saúde pública. Até agora, usamos algumas vezes por aqui e só tenho a elogiar! Fomos mt bem atendidos em um tempo de espera totalmente dentro do normal.

Custo de vida fora do controle: não podia discordar mais! Esse ponto eu nem me dignifico a comentar.

Passagens aéreas caras. Ainda não olhei direito isso, viagens aqui dentrod o Canadá, mas pelo q ja ouvi, concordo plenamente. Dizem q, as vezes é mais barato sair daqui de QC e ir pra Europa do q pra Vancouver ou Calgary por exemplo. Uma pena!


Termino aqui este post.... o q eu não comentei, é pq concordo ou, no caso dos pontos positivos, não tenho mt o q discutir com números.

Abraços!

João.

21 comentários:

Lely disse...

Valeu o post!
É bom ver uma opinião de quem está aí e pode ter uma visão mais objetiva!

abraços!

Lely

Wellington disse...

pois é João, até fiz outro post que vai entrar depois, esta lista das desvantagens, pensei que era pessoal da pessoa que te falei, mas foi copiada do cara do NOT Canadá que é um poço de pessimismo e falta denoção... mas depois vai sair um post com minhas opiniões tbem e prometo não mais postar apena com passada de olhos... ehheheheheheh
abraço

Ricardo disse...

Excelente post, assino embaixo.
Abraço

bruno disse...

Parabéns pelas observações. Vou colocar aqui algumas idéias.

Questão limpeza - Concordo. Tem tudo a ver com educação. Tb estive na Alemanha e fiquei impressionado com a organização. É importante dizer q ela 'humilha' a maioria dos outros paises da europa neste quesito. Dito isto, o país deveria reforçar isso nas aulas de educação moral e cívica lá no primário.

Educação: discordo. Vc não deveria avaliar a qualidade da educação do país todo pelo inglês dos habitantes da cidade de QC visto q a maioria, não faz a mínima questão de ter - ou precisa - de uma 2a língua pra viver. O sistema de educação do Canadá é um dos melhores sistemas públicos do mundo, em todos os níveis e um dos mais accessíveis à população.

Clima: é ruim mas suportável. E o melhor, algumas cidades possum infra pra suportá-lo, oq o torna menos inconveniente. Perfeito o exemplo de Toronto.. volte (ou nem vá) quem achar q -10 é muito. Pelo amor de Deus.

Governo louco por grana: vamos excluir o fato de o dinheiro ser muito melhor aproveitado q no Brasil pq essa comparaçao não faz sentido. Então vamos pegar a Alemanha novamente - vc sabe qto se paga de imposto em Munique por exemplo? ~ 40%. E é praticamente esta a faixa nas maiores economias européias. Resultado, paga-se menos no Canadá.

Emprego: existe competição em qq lugar do mundo. A diferença é q o Canadá é um pais com as portas abertas para imigrantes. Logo, é natural q imigrantes "skilled" encontrem dificuldades para arrumar emprego (mesmo com seus títulos) pq 1. não falam a língua o quanto deveriam e 2. suas qualificações nem sempre serão reconhecidas. Portanto, galera, não vamos generalizar e achar q tudo oq falam é verdade, q todo mundo vai virar motorista de taxi. Não deixem estas informações atrapalharem seu projeto e, o mais importante, estudem e se preparem muito!

Abs,
bruno

merciquebec disse...

oi pessoal, gostamos muito do blog de vcs, sempre bom saber a opiniao de quem está vivendo aí. abraços. elen e cleber (merciquebec.wordpress.com)

Eduardo disse...

ROC (resto do Canadá)???????
Não é RDC??????
Não entendi nada... muito longo... resume e me manda depois por email!! huahuahuahuahauh

leslapins disse...

Quando eu vejo brasileiro falar que "o sistema de educaçao do Canada é um dos melhores do mundo", eu penso: entao aperta o botao da bomba logo, pq ta tudo perdido (perdido é uma palavra polida para nao colocar o que eu realmente penso!). Ou entao, como diz uma amiga minha, tenho vontade de dar na cara" de quem diz isso, pra ver se o individuo acorda, kkkk
Outra opçao é apenas dizer: Pare de repetir o que os outros dizem e vai conversar com 10 alunos de 10 escolas públicas diferentes (escolhe a provincia que quiser) e vc vai ver a m* que é e a m* que vc. tá falando. A nao ser que nesse caso, o nível do "falador" seja pior que dos alunos, rsrs
Mas nao tem jeito, quando as pessoas fazem questao de nao ver o que está a um palmo do nariz, nao há argumento que mude o conceito. Precisam pagar para ver...

Abraços
Erika

Marquinho, Geo e Davi disse...

Bicho vc copiou esse post do Wellington, isso deu muito pano pra manga!!! Pra mim, nem os prós nem os contras são regras, o que vai determinar o sucesso e o fracasso é a atitude de cada um e o poder de adaptação, saber tirar o melhor que o Canadá têm sem esperar que está indo para o paraiso!!! Abs!!!

Lucas Sousa disse...

Esqueceu de falar da Putine... rsrsrs Òtimo post. Um abraco. Lucas

umpraum - ligando sentimentos disse...

Muito legal Johny, não conheço o Canadá, mas conheço você e confio nas suas colocações :-) Quando tiver alguém pra indicar seu blog, certamente o farei! bjs

Patinha. disse...

Oi Joao!! demorei mas cheguei a esse post!!
Bacana,concordo com vc !!

Saúde,educaçao..sao problemas que podem ser sérios aquí sim,mas com o tempo vamos aprendendo a contornar de uma forma ou de outra.Nao dá é pra ficar reclamando sem fazer nada!

Mas com certeza o saldo é positivo.
Lembro sempre de um casal amigo que mora fora do Brasil há mais de 3 anos que aconselha sempre que possível passar uns dias no Brasil..disseram que nao tem nada melhor pra cair na real e ver o que é bom pra tosse.rsrsrs..
Ainda nao precisei dessa vacina,mas se precisar,eu tomo sem medo!
Bjs,tudo de bom pra vcs!

Iah e Deco disse...

muito legal o seu post. aproveitei e dei uma lida no do Well. pra quem está indo é ótimo saber, apesar de saber que algumas coisas são BEM relativas. mas obrigada, muito legal saber. bisous!

Jefferson AV disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carolina disse...

João, gostaria de te perguntar algumas coisas. Se vc puder, me envie seu e-mail. Obrigada!

O casal disse...

Carolina,
prefiro que vc deixei seu email aki q eu entro em contato ok?

Abcs!

Clara Borges disse...

Custo de vida alto, taxas e passagens caras, governo louco por grana, saúde ruim...????? Mas isso tudo tem aqui no Brasil. A diferença é que aqui não tem os mesmos pontos positivos. HDSAHDSAHDSAHASDHAD

Anónimo disse...

Achei bem ponderado o seu post. Penso ser importante que os futuros imigrantes tenham o màximo de informação sobre a realidade no Canadá, que muitas vezes é retratado como verdadeira canaã para imigrantes qualificados de outros países. A vida de um imigrante qualificado aqui é tão dificultosa quanto a de um imigrante qualificado nos EUA, Inglaterra, Alemanha, Itália, Austrália, etc. A condição de estrangeiro, por razões óbvias, é sempre difícil. Sou estudante de mestrado em Montreal há 1 ano e 6 meses, período no qual conheci muitos brasileiros altamente qualificados que vieram para cá para serem residentes permanentes. Pessoas com mestrado/doutorado, fluentes no francês e no inglês que somente depois de trabalhar 5-8 anos em subempregos (i.e. garçom de restaurante português, entregador de jornal no metrô às 5 da manhã, sopradora de balão [!]) conseguiram algo em suas próprias áreas (advocacia, fisioterapia e ensino de física). Outros, nem essa sorte tiveram. Assim, a pergunta que cada candidato a imigrante deve se fazer é: quão ruim é a sua vida no Brasil? É uma vida tão tão tão ruim que valha a pena passar anos trabalhando em empregos cucarachas no Canadá, sofrendo preconceito velado? Percebo que algumas pessoas possuem uma fantasia e um deslumbre sobre o que seja a vida no exterior. Alguns, por exemplo, fizeram um curso de línguas, visitaram o Canadá, acharam o máximo e pensam que terão a mesma situação enquanto residentes permanentes. Esquecem-se do ditado: farinha pouca, meu pirão primeiro. Ou seja, quando se coloca dinheiro no meio, competição por emprego com canadenses, o buraco passa a ser mais embaixo. Você não é mais visto como aquele estudante chicano que passará uns meses e voltará para o seu país, mas sim um concorrente, alguém que veio para ficar e que concorre com os cidadãos canadenses por emprego, dinheiro, benefícios. E quando se deixa a condição de “café com leite” para ocupar a posição de concorrente, é óbvio que a coisa muda de figura em qualquer lugar do mundo. Por isso, é muito importante se munir com o máximo de informações e refletir bastante antes de tomar uma decisão tão radical. A propósito do tema, vejam esta reportagem produzida pela emissora canadense CTV: http://www.youtube.com/watch?v=zLEwNZ6qkms&feature=player_embedded. Enfim, se quiser pagar para ver, coloque as ilusões de lado e faça consciente das dificuldades e da realidade, muitas vezes brutal, no Canadá que, assim como qualquer país no mundo, tem os seus problemas.

Anónimo disse...

precisa de visto,como chegar legalmente,qual o bairro descente com boas oportunidades para imigrantes,existe trabalho de 10.000 dolares canadenses,como é o custo de vida para temporarios que ficarão meses ou um ano trabalhando no canadá

Anónimo disse...

Em relacao a cultura canadense, percebo algo muito interessante.

Quebec, apesar de ter um elo cultural mais distinto, tem maior influencia americana no estilo de vida do que o Canada anglofono.

Eu acredito que isso seja um reflexo da cultura francofona estar mais protegida, enquanto os canadenses anglofonos morrem de medo de virarem uma especie de extensao dos USA. (E' bom lembrar que a influencia americana no Canada e' mais por uma questao geografica do que de midia).

Isto esta bastante evidente no urbanismo das cidades no Quebec. Com excecao das areas historicas, e' provavelmente a parte mais semelhante aos EUA do pais. o sistema de freeways em Montreal e Quebec nao difere muito do encontrado em algumas cidades americanas, enquanto algumas cidades no oeste sequer tem um sistema de freeways (sao estas Winnipeg e Vancouver, se nao me engano).

Alem disso, nao existe um sentimento anti-americanista no Quebec, eu pelo menos nunca percebi. No TROC nao e' comum encontrar gente que coloca a culpa de todos os problemas do mundo nos vizinhos de baixo, como se todos os americanos fossem caipiras ignorantes.

No mais, a questao da falta da lingua inglesa e' reflexo de uma lei dos anos 1970 que objetivava a restricao da lingua inglesa na provincia. Por essa razao, em Paris as placas de pare estao grafadas "stop" e no Quebec estao grafadas "arret".

Quanto ao custo de vida, tem questoes como o real estate em algumas cidades que virou coisa de doido, como em Vancouver, mas eu percebo que ha um sobrepreco em absolutamente tudo no Canada. Entendo que se importam muitas coisas, mas na maioria das vezes nao se justifica. Nao faz sentido, por exemplo, um automovel que e' aqui fabricado custar mais aqui do que no Hawaii, para onde e' exportado e tem um frete carissimo por razoes obvias.

Nao sei no Quebec, mas no oeste a coisa mais comum do mundo e' enfrentar estrada para pegar voo do outro lado da fronteira. Os aeroportos proximos a fronteira estao todos faturando com os canadenses, tem aeroporto que recebe 80% da sua movimentacao de pessoas do Canada.

Abracos,

Pedro

Anónimo disse...

Oi Bruno é bom ouvir alguém defendendo o Canadá pois confesso q estou pretendendo ir p/ lá mas o pessoal dos blogs ficam detonando o lugar. Dai surge a duvida será q não tem futuro ou ñ querem mais concorrencia por lá?

CANADA disse...

Mas sujeira isso tem qualquer lugar do mundo. Se for caçar sujeira vai achar. mas no Brasil é bem pior.

Agora olha ai flagras na cidade de Regina pelo Google Street View:

➽ http://maps.google.com.br/maps?daddr=Regina,+SK,+Canad%C3%A1&hl=pt-BR&ie=UTF8&ll=50.460783,-104.626107&spn=0.005765,0.012059&sll=50.450728,-104.575768&sspn=0.101434,0.22728&geocode=CfBwp5Qh44FcFcLgAQMdNdTD-SnrPaX7QB4cUzGxVHu3ljJKNQ&mra=mift&t=m&z=15&layer=c&cbll=50.460776,-104.626101&panoid=w-CCzQrzqTlOjcrylw4eRg&cbp=11,162.58,,1,13.42

E

➽ http://maps.google.com.br/maps?daddr=Regina,+SK,+Canad%C3%A1&hl=pt-BR&ie=UTF8&ll=50.461384,-104.625936&spn=0.005764,0.012059&sll=50.450728,-104.575768&sspn=0.101434,0.22728&geocode=CfBwp5Qh44FcFcLgAQMdNdTD-SnrPaX7QB4cUzGxVHu3ljJKNQ&mra=mift&t=m&z=15&layer=c&cbll=50.461392,-104.625947&panoid=FkBI1ask8AhiMWIA6UpMJA&cbp=11,168.8,,0,16